Arquivo da categoria: folclore

A Lenda da Vitória-Régia

Conta a lenda, que a Lua costumava namorar as mais lindas jovens índias e até levava algumas consigo para o céu.

Em uma certa aldeia indígena, havia uma guerreira chamada Naiá, que sonhava com a Lua. Ela era apaixonada! Queria que a Lua viesse buscá-la.

Os índios mais experientes alertaram Naiá que as jovens levadas pela Lua viravam estrelas, mas ela parecia não se importar com o fato.

Certa noite, a moça foi à beira de um lago e viu a Lua refletida na água. Achou que a Lua tinha descido do céu para se banhar e não teve dúvidas! Se atirou no lago em direção à imagem da Lua. Quando tentou voltar, acabou sendo puxada pelo lago.

Comovida com a atitude de Naiá, a Lua resolveu transformar a jovem em uma estrela diferente, uma estrela das águas, que recebeu o nome de vitória-régia.

FAIXA.ATIVIDADES.fw

Gostou da lenda? Que tal atividades prontas sobre o tema? Não deixe de conferir o material abaixo! Clique nele para ver mais detalhes e dar uma espiadinha na AMOSTRA!

4lendas

E não deixe de conferir também o super interessante JOGO DO FOLCLORE! A explicação do jogo está no YouTube e você pode baixar gratuitamente as peças no link abaixo do vídeo!

Para baixar as peças, clique em ARQUIVO DO JOGO DO FOLCLORE PARA BAIXAR

Anúncios

Folclore Urbano

Quando falamos em folclore, geralmente lembramos de lendas como Saci-Pererê, Mula-sem-cabeça, Lobisomem; mas há outras lendas, que fazem parte também do folclore, que não costumamos lembrar nesse momento: são as lendas do FOLCLORE URBANO.

O Saci, a Mula, o Curupira e outras lendas tradicionais tiveram origem em um cenário mais rural. Fato é que quando as cidades começaram a expandir, lendas surgiram também nelas e chamamos este outro tipo de lenda, também passada de geração para geração, de LENDA URBANA.

mirror       Elas chamam igualmente a atenção da criançada. Na verdade, chama até mais, uma vez que grande parte delas tem um fundo de conto de terror. O mais interessante é que são quase as mesmas na maioria dos países, com leves alterações mesmo.

Talvez as mais populares sejam Maria Sangrenta e a Mulher da Carona. A Maria Sangrenta é a moça do espelho, que dizendo três vezes seu nome ela aparece. Certamente ela tem uma aparência horrenda! Rsrsrs… Já a Mulher da Carona pega carona com alguém e simplesmente desaparece. Diz a lenda que foi atropelada na estrada.

Além dessas há muitas outras! Aqui no Brasil, uma das mais conhecidas é a da Loira do Banheiro, que não passa de uma versão da Maria Sangrenta, amenizada.

Se você se interessou pelo assunto, vai ficar satisfeito com uma boa busca nas lendas urbanas. Sugiro também assistir episódios do seriado “Supernatural”, pois nele há diversas lendas urbanas, especialmente nos episódios da primeira e segunda temporadas!

FAIXA.ATIVIDADES.fw

Achou interessante o assunto LENDAS URBANAS? Que tal ATIVIDADES PRONTAS para usar com os alunos? O material LENDAS URBANAS traz FOLCLORE URBANO.fwinterpretações prontas para imprimir e usar com as lendas Maria Angula, Maria Sangrenta, Shtrika e Mulher da Carona. Trabalha ainda GÊNEROS TEXTUAIS, o que torna o material ainda mais interessante!

Para saber mais sobre o material, clique na imagem ao lado ou no link abaixo:

 

Link: http://www.janainaspolidorio.com/folclore-urbano.html 

Saci-Pererê

O Saci-Pererê é uma lenda do folclore brasileiro e teve origem entre tribos saciindígenas do sul do Brasil.

Ele tem uma única perna, usa um gorro vermelho e sempre carrega em sua boca um cachimbo. A princípio, era retratado como um curumim bem sapeca, com duas pernas, cor morena e um rabinho.

Com a influência da mitologia africana, o Saci se transformou em negro e perdeu uma de suas pernas lutando capoeira.  Dos europeus, sua influência foi o gorro vermelho.

O traço mais marcante do Saci é a travessura. Ele é brincalhão e consegue se divertir tanto com animais quanto com pessoas. Em suas brincadeiras, porém, causa transtornos como fazer o feijão queimar, esconder muito bem objetos, jogar os dedais das costureiras em buracos, dar vários nós nas crinas dos cavalos, jogar sal no café, entre outras coisas.

De acordo com a lenda, o Saci se esconde em redemoinhos de vento e pode ser capturado se a pessoa jogar uma peneira sobre os redemoinhos. Após ser capturado, deve-se retirar seu capuz, para garantir sua obediência e prendê-lo em uma garrafa.

Para completar a lenda, acredita-se que o Saci nasce em brotos de bambu e ficam sete anos morando por lá. Depois, vivem mais setenta e sete anos, atormentando a vida de humanos e animais.

FAIXA.ATIVIDADES.fw

INTERPRETANDO LENDAS FOLCLORICAS BRASILEIRAS.fw

 

 

 

Você pode adquirir ATIVIDADES PRONTAS sobre o SACI e outras lendas tradicionais brasileiras! Que tal o material “Interpretando Lendas Folclóricas Brasileiras”?  Saiba mais sobre o material clicando na imagem ao lado ou no link a seguir.

 

Link: http://www.janainaspolidorio.com/interpretando-lendas-folcloricas-brasileiras.html