Arquivo do mês: janeiro 2010

Reunião de Pais – Modo de Usar

  Reunião de pais é algo sofrido tanto para os pais, quanto para os professores. Digo sofrido, porque é uma quebra de rotina para ambos os lados e demanda um tempo de planejamento árduo para o professor – se é que ele deseja usar bem seu tempo de reunião – e requer um amplo poder de dedução e interpretação por parte dos pais.

     Ao longo dos anos, promovi diversas reuniões de pais. A mais sofrida, em minha opinião, são as realizadas em grupos grandes. Os pais geralmente vão à escola para saber sobre o desenvolvimento dos filhos e são obrigados a ficarem ouvindo intermináveis minutos de recados e recomendações, os quais nem se recordarão nas próximas horas. A falação sobre assuntos desinteressantes a eles é tanta, que eles acabam ‘viajando’. A atenção só volta quando o assunto é o foco da reunião: o filho ( a ).

     Gosto muito de reuniões individuais, porque acredito que a conversa direta é muito mais proveitosa. Como fazer com os recados? Entregar por escrito, ora bolas! Nada mais efetivo, organizado e coerente do que recados por escrito, já que recados não devem ser textos discutíveis. Os pais recebem e lêem, além de poder sempre lembrar os recados. Ficam ainda felizes, porque conseguiram encontrar o que foram buscar na reunião: conhecimento sobre seus filhos.

     Ainda posso ser questionada sobre o tempo da reunião. Bem, os pais são conscientes neste caso. Se a reunião tem por volta de duas horas de duração, o pai consegue respeitar um horário limite de cinco a dez minutos para dar vez ao próximo. Enquanto os que não foram ainda atendidos em seu horário aguardam, ainda podem folhear as atividades dos filhos e contemplar formações escritas sobre como devem proceder numa reunião desse tipo – pasmem que a maioria não tem ideia – ou ainda regozijar-se com informações precisas sobre seu filho na escola, por meio de relatório escrito, que lhe dará ainda a oportunidade de conversar melhor com a professora.

     Em uma das minhas últimas reuniões, utilizei um livreto, de minha autoria, que deixo em anexo para quem deseje utilizar. Espero que também lhes seja útil.

Reunião de Pais – modo de usar